Exercício 4 – Lista de Introdução a Logica de Programação 4 Ano – Colégio Alem

Boa noite a todos!

Estou lecionando no Colégio Alem – curso de Mecatrônica, escola situada em Rio Claro – SP. Leciono as matérias Introdução a Logica de Programação, CLP e Robótica. Como meu blog andava abandonado, irei utilizá-lo para ajudar a comunicação entre o professor e os alunos.

Nós estamos utilizando o PascalZim! para programação. Então, caso você não seja aluno mas o Google te jogou aqui, sinta-se a vontade 😉

Bem, vamos ao exercício. O enunciado dizia: “

  1. Faça um Programa que leia 20 números inteiros e armazene-os num vetor. Armazene os números pares no vetor PAR e os números IMPARES no vetor impar. Imprima os três vetores.”

A estrutura de um programa, em Pascal, nos pede para primeiro definir os valores constantes (const), as variáveis (var), e após isto iniciar a programação (que fica entre os comandos begin e end.) (o último end do programa necessita do ponto!). A primeira linha do programa define o nome do mesmo.

Neste caso, não precisaremos declarar procedimentos ou funções.

Porque eu utilizo o PascalZim? Além de simples, o professor anterior também o usava, e para não prejudicar os alunos, optei por dar continuidade. O nível do curso é técnico, não superior. Estou preparando um material para iniciarmos no Free Pascal e depois Lazarus, para fazer algo orientado a objetos. Mas isto fica para o próximo ano.

Bem, irei colocar um screenshot:

ImageA área demarcada mostra a área de declaração de variáveis.

Pressuponho que todos aqui conheçam os tipos de variáveis. Como irei utilizar somente números inteiros, o tipo integer foi o escolhido.

Foram declarados três vetores (tipo array: o vetor valor, para digitarmos os 20 valores; o vetor parimpar, para salvar os valores (com o tamanho máximo em 20, pois o número máximo de valores a serem digitados são 20). Também declarei outras variáveis: a variável  será utilizada para estruturas de repetição, e as variáveis indpar indimpar serão os índices, para saber o número de números par e impar que foram digitados.

Após a declaração das variáveis, podemos começar o programa. No Pascal, os comandos utilizados para escrever algo na tela são o write e o writeln, com a diferença entre os dois que o writeln, após digitar o seu conteúdo, vai para a próxima linha. Para lermos algo a ser digitado e armazenar o valor em uma variável, os comandos mais comuns são o read e o readln. O readln funciona da mesma maneira que o writeln.

Quando queremos imprimir algum texto não guardado em uma variável, colocamos o texto entre aspas simples. Exemplo: writeln (‘O Professor Mauro é um cara batuta :D’). Já para imprimirmos o valor de uma variável, é só digitar a mesma. Exemplo: write (i). Neste caso, ele vai imprimir o valor do i. Para imprimirmos variáveis e texto, é só colocar vírgula entre eles. Exemplo: write(‘O São Paulo foi ‘,campliber,’ vezes campeão da Libertadores’);. Sendo o campliber uma variável declarada no programa.

ATENÇÃO: Na maioria das linhas do Pascal, deve-se digitar o ponto e vírgula “;” no seu fim, para ele pular para o próximo comando. Somente alguns comandos especiais não precisam (como comandos de repetição ou decisão).

No caso de nosso programa, como temos que digitar o conteúdo de 20 endereços do vetor, podemos escolher as seguintes alternativas:

write (‘Digite o valor do elemento 1 do vetor : ‘);

readln(valor[1]);

write (‘Digite o valor do elemento 2 do vetor : ‘);

readln(valor[2]);

Ad eternum até o elemento 20.

Ou utilizar um elemento de repetição. Como não queremos parar de digitar antes do número 20, iremos utilizar o comando for.

for i:= 1 to 20 do
begin
write(‘Digite o valor do elemento ‘,i,’ do vetor : ‘);
readln(valor[i]);
end;

Sintaxe do comando for: for <var> := <vi> to <vf> DO <comando>

<var>: o nome da variável que irá ser incrementada.

<vi>: valor inicial.

<vf>: valor final.

<comando>: o comando que você irá executar a cada incremento do for.

Se você quiser utilizar mais de um comando, este primeiro comando deve ser um begin. O For não utiliza o ponto e vírgula no seu final.

No nosso caso, iremos digitar 20 números diferentes e, para cada volta do comando for, ele irá apontar o valor digitado para um endereço diferente do vetor. Isto é mostrado pela utilização da variável i no lugar onde se apontaria a posição dentro do vetor.

No próximo post irei terminar o programa.

Bons estudos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s