Passando por aqui …

Mauro, o que você está fazendo aqui?

Bem, eu sei que desapareci por muito tempo. O que posso dizer ? Minha vida passou por muitas e muitas mudanças, estou em uma correria danada e, finalmente, arrumei um tempinho pra postar aqui. A parte boa é que, provavelmente, nos próximos meses, este blog será uma ferramenta e tanto para a conclusão do meu TCC. A parte ruim, é que boa parte do pessoal interessado somente em gadgets não vai entender muito o que eu postar. Bem, melhor ler algo que não se entende muito bem do que não ler nada ;D

Bem, vamos falar das mudanças. Eu recebi uma promoção nos últimos meses. Sou coordenador de Instrumentação da empresa onde trabalho. Novo cargos, novas responsabilidades. Meu horário de trabalho mudou e, com a maior responsabilidade, boa parte do meu tempo livre se foi. Entre reuniões, chamadas de emergência, equipamentos com problema após o expediente … bem, boa parte do horário livre acabou sendo consumido por esta nova mudança. Bem vinda, aliás. Não reclamo nem por um momento destas novas responsabilidades!

A outra parte do tempo livre está sendo consumida pela Faculdade. Entre relatório de estágio, trabalhos, o Projeto do TCC (e, claro, o início da preparação para o próprio), não ando tempo tempo para absolutamente nada. Infelizmente, gostaria de falar sobre vários aparelhos, trocar experiências, etc. Nem twitter eu ando postando! Mas, com o início do TCC, acredito que isto irá mudar, pois pretendo utilizar as redes sociais em prol do meu trabalho.

Nokia 2660. Uhul!

Bem, vamos falar de outros assuntos. O primeiro, e um bem engraçado, é que eu estou utilizando um Nokia 2660. Para um geek como eu, utilizar um celular sem absolutamente nada é, simplesmente, horrível! Utilizo o mesmo principalmente para questões do trabalho. Porém, como é incômodo andar com dois aparelhos, em muitos casos acabo utilizando somente ele, deixando o meu Motorola Quench em casa. Claro que estou sofrendo com isso, porém, nenhum dos aparelhos dual-band disponíveis me atraem. Em meu trabalho, vários colegas compraram um Motorola EX 115, mas eu não fiquei satisfeito com o aparelho. Claro, existem aplicativos em java que acabam dando ares de smartphone para qualquer aparelho, e meu uso de internet móvel diminuiu muito. Mesmo assim, não acredito que estes aparelhos sejam para meu perfil. Sinceramente, ainda irei comprar um aparelho chinês, dualchip com Android. Torço para lançarem um dual chip no Brasil com algum sistema operacional que me permita utilizar alguns aplicativos que considero essenciais. Depois que você acostuma, é muito ruim ficar sem o Dropbox no seu portátil!

Eu gostaria de trocar mais experiências sobre o Flytouch. A cada dia que passa, tenho a certeza de que fiz um ótimo negócio. Ele é, sem exageros, um ótimo aparelho. A grande maioria das pessoas que compram um tablet chinês querem ter a sensação de ter algo próximo do iPad por um preço muito mais acessível. O que eu digo para estas pessoas: desista do Flytouch. Ele é um tablet e tem o exterior baseado no iPad, só isso. Irei colocar algumas das tarefas que ele anda me auxiliando com louvor:

  • Como livro. Eu comprei um suporte veicular para ele (dica: se você quiser comprar o Flytouch para utilizar como GPS, esqueça. A tela dele é terrível ao sol, não dá pra enxergar nada!) e deixo o mesmo montado em minha mesa, em uma posição ótima para visualizar textos nele e copiar no netbook. Se você pode utilizar duas telas no mesmo PC, isto fica melhor que ele. Porém, se você não pode, não têm espaço físico, etc. ele irá te ajudar e muito.
  • Como apostila. Ele é muito bom para utilizar apostilas. Como eu já tinha uma licença do Docs To Go, abro vários formatos nele. Mas ele se destaca mesmo com PDF: utilizando o RepliGo Reader, você pode fazer anotações no texto, inclusive freehand, marcar texto, etc. Não chega a ser toda a funcionalidade encontrada no Xournal do Linux e Maemo, mas é uma ótima pedida. Inclusive, com a sua tela resistiva, utilizando uma Stylus as anotações podem ficar realmente boas (só a tela não ajuda isto plenamente, mas é possível marcar textos com ótima precisão).
  • Como plataforma para testar aplicativos do Market. Ele possui quase 1 GB de memória disponível para o usuário. Portanto, posso baixar vários e vários aplicativos e nem me preocupar com memória. Ah, se tivesse tempo para reviews …
  • Dropbox. A combinação tela de 10″ + DocsToGo + RepliGo Reader + Android Comic Viewer + fbreader facilita, e muito, os estudos. Consigo ler ou me distrair antes de ir dormir, deitado na cama e de luz apagada, com o Dropbox como centralizador de arquivos, que eu posso ver depois em qualquer computador. Claro, o iPad permite isto e muito mais. Mas, para ser um navegador de cabeceira de cama, ou para ir para qualquer lugar na mochila, sem dó nem piedade da aparência externa, é melhor pagar R$300 do que R$ 1200. Mas, conhecendo o iPad como hoje, pagaria 800 reais num 16GB tranquilamente. Tablets são ótimos consumidores de material.

Enfim, continuo acreditando que, se você conhecer as limitações do aparelho, o Flytouch é uma ótima opção. Mas nunca será um iPad.

Falando um pouco do meu TCC. O assunto que escolhi é desenvolver um CLP (Controlador Lógico Programável) e um programa para programá-lo, cuja interface principal será GRAFCET, e não Ladder. Porquê ? São vários motivos. O primeiro, é que eu morro de vontade de entrar para o mercado dos sistemas embarcados. É o que mais me atrai e, como meu amigo Marcelo Barros disse em uma palestra da minha faculdade, você deve mirar, ainda cursando a faculdade, aonde você quer chegar no mercado de trabalho. Como meu objetivo é este tipo de mercado, nada melhor que desenvolver meu TCC nesta área.

Sobre o GRAFCET: eu, sinceramente, prefiro utilizar programação estruturada em Ladder. Mas, conhecendo a visão de muitas empresas que trabalham com automação, é muito bom para elas o uso do GRAFCET, pois permite uma certa padronização na maneira de programar dos funcionários. Desta forma, diminui aquele valor pessoal que ocorre na programação estruturada. Sendo assim, resolvemos (eu e meu parceiro, o Thomaz) a desenvolver este projeto. Extremamente desafiador. Mas conto com a ajuda de muitos amigos, professores, desenvolvedores, para chegar perto disto.

Para o desenvolvimento do projeto, já fui às compras e, logo, começam a chegar os primeiros equipamentos. Comprei, seguindo um conselho do blog do Marcelo Barros, uma placa ST32VLDiscovery. Provavelmente desenvolverei o meu TCC utilizando esta placa, pois ela é bem barata ($11,85 dólares, comprei na Mouser), poderosa e, pensando no mercado de trabalho, trabalhar com ARM te dá várias opções. Claro que não sei nada de ARM, e muito, muito pouco de criação para sistemas embarcados. Mas, o que eu sei é que sou um estudante bem dedicado quando o assunto me interessa, e este me interessou mesmo.

Também comprei outras duas placas. Um Arduino Uno, para brincar um pouco com Arduino, fazer alguns projetos básicos. Claro, você pode programar a placa diretamente, sem contar com o bootloader, mas o grande interesse de se utilizar a linha Arduino é para utilizar os layers já prontos. Quem sabe posts interessantes sobre Arduino não apareçam aqui.

A ultima placa que comprei é chamada Teensy ++. A maior vantagem dela, em relação à uma placa Arduino, é o uso de USB nativo, além da possibilidade de se utilizar comunicação serial sem atrapalhar o USB. Uma placa, relativamente compatível com Arduino (projeto teensyduino), possibilidade de comunicação real USB sem utilizar FTDi, boa documentação na internet? Acabei comprando. Ah, claro, o preço de $19 dólares também ajudou.

Para não me alongar ainda mais, ficarei por aqui. Tenho dois posts que estão em drafts que eu não consigo terminar. Um é um review sobre o Flytouch. Faz tampo tempo que eu comecei que, quando for terminar, terei que reler todo o texto! Outro é sobre um equipamento muito legal, o JXD M1000 que foi doado a mim pelo pessoal da DingooImports.  Este review eu preciso terminar, só que não ando tempo tempo mesmo, o que é muito duro. Espero conseguir terminar isto um dia, e em tempo que ainda seja relevante.

Um abraço a todos, obrigado pela paciência, e até mais!

Anúncios

6 comentários sobre “Passando por aqui …

  1. Demorou mas chegou….
    cara seu blog é muito bom não pare de escrever
    pelo que disse você está sem tempo
    mas arrume um jeitinho de continuar escrevendo.

    abraço

  2. Boa sorte com seu TCC. Boa sorte também com o GRAFCET, em Engenharia as coisas exatas não são tão exatas como deveriam ser… sorte ajuda um pouco 😉

    Instrumentação é no que pretendo trabalhar!

  3. Mauro depois do tcc boa sorte rs nao rola um post sobre aplicativos sobre calculadoras cientificas para android. Tem umas novas muito legais e e free rs abraços e boa sorte.

  4. Vou confessar que não conhecia o seu blog, mas agora viciei no conteúdo.
    Realmente muito bom!
    Espero que consiga vencer estes contratempos e escrever mais!

    Quanto ao celuar… também uso um aparelho sem muitos recursos! Sei como é horrível. hehehe

  5. Opa… mal vejo a hora de ver posts sobre o seu TCC. Sou técnico em mecatrônica, atualmente trabalho com CLP´s e sistemas supervisórios. E estudo engenharia eletrônica e de telecomunicações.

    Tenho acompanhado seu blog a um tempo, se depois quiser trocar algumas figurinhas, já tem meu e-mail!
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s