Um novo post

Olá! Eis que o extremamente relapso administrador do blog resolveu aparecer por aqui ;D

Muito tempo depois do último post, resolvi escrever algo. Nada assim com muito conteúdo: este post é sobre o estado atual da minha vida, meus devaneios e meus projetos futuros.

Vamos lá. Primeiro, a pergunta: porque demorei tanto para postar ?

Resposta:  Existem dois culpados: o oitavo semestre, e minha vida pessoal.

O oitavo semestre foi o semestre que mais exigiu de minha pessoa. Entre matérias como Eletrônica de Potência II, Microprocessadores II (a qual eu não sabia nada de C, e quis desenvolver um gerador de funções – utilizando um 8051!) e Princípios de Telecomunicações, foram exigidos conhecimentos que, ou eu havia começado a esquecer, ou eu não havia compreendido corretamente. Microprocessadores foi a matéria mais complicada: meu conhecimento em C, principalmente para embedded, digamos que deixa a desejar. Meu projeto da matéria funcionou, o hardware que eu planejei funcionaria se eu tivesse utilizado uma fonte simétrica para o amplificador, mas o meu programa … É vergonhoso ficar utilizando variáveis globais em uma aplicação embedded, ainda mais em um limitado 8051. Mas isto serviu como um alerta, e estou estudando muito sobre esta matéria nas férias. Pois gostei muito do resultado final do projeto, tenho muito a melhorar, e o mercado para embedded precisa de mão de obra.

Embedded: isto vicia!

E eu não entrarei em detalhes sobre minha vida pessoal aqui. 😉

E os gadgets?

Bem, aqui tenho muitas histórias para contar.

A primeira: eu havia comprado um destes tablets de 7 polegadas, da China. Comprei uma das melhores configurações, com o processador Telechips. O aparelho chegou, e, tirando a qualidade do touchscreen (carinhosamente apelidado por mim como punchscreen), o equipamento funcionava muito bem. Em uma semana com ele, descobri muito sobre o mundo do Android: várias funcionalidades extras, algumas configurações, mudei a resolução do tablet (o que é bem fácil de fazer em qualquer aparelho com Android, mas têm seus benefícios e malefícios), descobri aplicativos substitutos ao Market (já que o Market do tablet não funcionava). Só que, o problema foi que o aparelho durou exatamente  uma semana! Sim, eu troquei o firmware e a bateria descarregou completamente. Não contente, abri o mesmo e quebrei as travas, assim excluindo a possibilidade de mandar para a garantia. Então, tenho um tablet de 7 polegadas, marca Telechips, parado em casa. Quem sabe, aprendendo bastante sobre embedded, eu não consiga revivê-lo.

Outra experiência ruim com gadgets tive com meu iPod Touch, que está, no momento, com a sua tela quebrada. E, como sabemos, iPod´s com tela quebrada não funcionam. O conserto, no Brasil, sai em torno de 150 reais. Comprei uma tela por 10 dólares no Dealextreme e tentarei fazer a troca. Se funcionar, review e fotos! Senão, mais dinheiro jogado fora. E ficarei sem iPod, pois não pretendo comprar um de quarta geração.

Lubuntu Linux

Mas também tive boas experiências. Comprei um netbook da Acer, por 620 reais em uma promoção via hashtag do Walmart. Embora ele seja da geração anterior de netbooks (Atom N270, 1Gb de memória, 160Gb de HD), está ajudando, e muito, na faculdade. Também instalei uma distribuição Linux, o Lubuntu, tanto em meu netbook Positivo como meu jurássico notebook. Resultado? Os dois, principalmente o notebook, ficaram extremamente usáveis, a ponto de, antes da compra do Acer, serem utilizados na faculdade. Principalmente o notebook, que roda aplicativos do Windows via Wine. Tentarei escrever sobre estas experiências no blog.

Finalizando, gostaria de receber idéias, sugestões, a respeito do que desenvolver em meu TCC. Estou estudando, e muito, nas férias sobre programação de microcontroladores, de um modo genérico. Os livros que estou lendo abrangem o assunto de uma forma geral, não se dedicando em uma arquitetura específica. Desta forma, Aceito sugestões de arquiteturas, projetos, etc. O maior requerimento é de existir uma placa de desenvolvimento barata! Possuo uma placa da Renesas, processador H8/36077. O maior problema é falta de documentação para este chip na internet, comparando com 8051, PIC ou Arduino. Por isto, gostaria de sugestões sobre modelo de microcontrolador e também a placa de desenvolvimento, para ir estudando e estar bem preparado para iniciar o projeto.

E, antes tarde do que nunca, um feliz natal a todos!

Anúncios

2 comentários sobre “Um novo post

  1. cortex m3. A moda atual. E não vejo tanto problemas das suas variáveis globais. Depende da finalidade e memória que queira usar. Compartilhe que posso comentcom

  2. Chefe, vou estudar este processador. Você conhece alguma placa de desenvolvimento para ele, relativamente barata ? (Beagleboard ?) E literatura, o que você indica ? Estou lendo o seguinte livro: Embedded Microprocessor Systems – Real World Design. Você conhece ele?

    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s