IPod Touch – Office

Office e iPod.
Quando comprei o meu, o mais próximo de Office que existia era um programa chamado “Documents by Savy Soda”. Custava US$3,99 e servia para editar arquivos txt e planilhas csv. As planilhas eram aproveitaveis, mas só. Este era um assunto delicado do iOS: as pessoas não levavam o iPhone como smartphone a serio por causa dos problemas, com mail, agenda e falta de um Office. Só que a situação mudou.
Hoje temos dois programas que são velhos conhecidos do pessoal movel: DocsToGo e QuickOffice. Por ser curioso, eu tenho os dois no meu iPod. No começo, utilizava só para lazer. Hoje, já posso ter realmente uma boa produtividade, por causa dos fatores que mencionarei aqui:
Sincronia com serviços online: as primeiras versões dos programas Office para o iOS tinham um problema chato: Necessitavam de sincronia com o PC. Neste caso, se você precisasse de um documento urgentemente, ficaria a ver navios. O QuickOffice permite a sincronia por Wifi, mas sem a necessidade de um cliente específico. Mesmo assim, a possibilidade de utilizar serviços como o GDocs ou Dropbox é ótima: dessa forma, eu consigo ir editando meus arquivos em varias plataformas, bem como consultar todo o meu material da faculdade com facilidade, pelo Touch. Esta integração está permitindo que eu deixe meu velho notebook em casa e ganhe pelo menos mais 5 anos sem dores nas costas ;).

 

Opções de Sincronia do Docs2Go

Opções de Sincronia do QuickOffice

A experiência de digitar um texto no iPod é tranquila, desde que o teclado esteja em sua orientação “landscape”. A visualização do texto, porém, fica comprometida, pois esta orientação mostra pouco texto. Mas o acelerômetro do iPod funciona muito bem.

Nos dois processadores de texto, temos as opções triviais: propriedades de fonte, fontes, tamanho, orientação do texto, parágrafos, etc. Falta, aos dois, a opção de inserir figuras no texto. Textos com figuras previamente inseridas funcionam, porém, não dá para adicionar uma figura ao texto. Aparentemente, nenhum dos processadores utiliza a biblioteca de documentos do sistema, o que é uma pena. Desta forma, a única maneira de abrirmos um documento processado pelo outro aplicativo, é por sincronização na nuvem. Neste ponto e, agora que estou experimentando o Android, o iOS leva muita desvantagem.

Para outras tarefas Office, como agenda, notas, não tem como errar: todos os principais programas estão disponíveis. O sistema é maduro, pode contar com multitarefa (mesmo iPods antigos como o meu, utilizando o Cydia), e não temos mais desculpa para perder os apontamentos ;).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s