Mauro quer um iPad!

Eu QUERO!

Sr. Jobs: você acertou. Eu QUERO um iPad. Sim, o gadget mais odiado da Apple, aquele que recebeu milhares de reviews negativos, este mesmo. Eu quero.

A esta altura do campeonato, todos devem saber o que é um iPad. É o famoso “iPod Touch esticado”, um tablet que usa o mesmo sistema do iPhone, é caro, e têm uma loja de livros. E é por este motivo que eu o quero.
Eu não vejo o iPad como um tablet. O vejo como um leitor de livros. Meu N800, embora possa realizar milhares de funções, está sendo utilizado somente como um leitor de PDF´s. Tanto que, seu lugar em minha mochila é junto com os cadernos e livros, não com o tocador de música. A sua tela pequena não me impede de o utilizar para esse fim, embora gostaria de algo maior. Netbook ? E o teclado, o que fazer ? Tablet PC ? Preço caro. Tablets baratos (como os vendidos pela Viliv) com Windows XP ? E o tempo de boot? Enfim, só vejo dois tablets à vista: iPad ou o SmartQ7, chinês. E o chinês, embora tenha 3 opções de sistema operacional (Ubuntu, Windows CE ou Android) não é maduro em nenhum. O sistema do iPad, eu já conheço do meu uso do Touch, tenho vários programas comprados, e a adaptação seria tranquila. Ah, e já tem uma suíte Office funcionando, e muito bem.
E leitores de ebooks, como o Kindle? Sim, uma ótima alternativa. A biblioteca do Kindle é gigantesca, ele é ótimo, sua bateria dura horas e horas, entre outros. Só que, temos os defeitos: a tela não tem cores, luz, e o seu uso em outras áreas é extremamente restrito.
Leitores de ebooks utilizam a sua tela de e-ink por dois motivos: aumentar a duração da bateria e não cansar a vista. Bem, o N800 emite luz e é muito menor que o iPad, e me atende muito bem, para a consulta de documentos de forma rápida na faculdade. Outro ponto forte: um gadget que irá permitir a leitura dos livros de uma forma satisfatória, E permitirá eu editar textos (sim, estou pensando no TCC) chama a atenção. E o iPad encaixa neste perfil.
Não acredito que este seja um gadget sem defeitos. Sim, existem muitos. A falta de uma câmera frontal, não é algo com o que eu me importe, mas muita gente necessita. O sistema, embora não precisasse ser um Mac OS, poderia ter mais sofisticado que o do iPhone. Multitarefa é altamente necessária aqui. E, finalmente, a Apple poderia vender uma caneta adaptada para seu uso como prancheta: engenheiros, arquitetos e pessoas que usam muito desenho agradeceriam.
Porém, não se deixem enganar pelos defeitos: o iPad terá seu nicho, irá vender muito. Mas, neste caso, não só porque é da Apple: venderá bastante porque é um produto que irá ocupar a lacuna existente entre netbooks e e-book readers. E eu pretendo ter o meu!
Anúncios

3 comentários sobre “Mauro quer um iPad!

  1. Parabéns campeão, esse foi o post mais applebixa que eu já li, distorção da realidade a níveis nunca antes vistos.

  2. Fazia um tempinho que eu não fazia uma visita, então eu gostei do Ipad mas ele é um tanto como o Ipod, não roda praticamente nada… tudo tem que ir para a Apple.
    Ainda fico com o famoso Symbian e agora com o Maemo 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s