Gadgets de técnicos / engenheiros – Eles existem e são legais pra caramba!

Retirado de : http://mesonpi.cat.cbpf.br:8080/hpcbpf/index.php?page=tecnologia.cat_elet

Quem nunca viu aquelas cenas de filme, com aquele “professor Pardal”, normalmente alguém com uma aparência estranha, trabalhando em seu laboratório, aquilo, fios para todos os lados, luzes, gráficos, etc. e não ficou impressionado ? Bem, eu não me impressionava tanto assim! Sinceramente, eu não gostava muito da área técnica. Quando um jovemzinho, meus sonhos eram ser astrounauta, bombeiro ou trabalhar com computadores. Minha vida deu uma guinada aos 14 anos, e, a partir daí, fui apresentado a esse mundo de instrumentos legais, com mil e uma utilidades e ótimos para impressionarem menininhas nas feiras de ciência da escola! Então, vou fazer um resumo bem básico, apresentando alguns deles aqui. Assim, no ano que vem, você pode ser o impressionador, ao parar do lado de um stand na feira de ciências e discorrer tudo sobre os instrumentos 😉 . Sem mais delongas:

  • Multímetro: este já foi apresentado aqui. Serve para medir uma infinidade de coisas: tensão, corrente, resistência, diodos, capacitores, frequência, temperatura … Multímetros são o canivete suíço dos técnicos/eletrônicos, uma ferramenta indispensável. Tendo suas características, as quais devemos atentar: proteção, medição RMS, medição True RMS, escalas, auto range, precisão. Multímetros mais modernos têm até um osciloscópio implementado, facilitando e muito a vida do usuário para a detecção de problemas.
Figura de Lissajous em Osciloscópio Analógico - Retirado de http://www.notapositiva.com/pt/trbestbs/fisica/imagens/11osciloscopio09.jpg
  • Osciloscópios: este é um show de “ahh” e “ohhs”, com alguns “wows” durante a feira de ciências! Este prodígio é responsável pela primeira experiência com videogames, onde físicos, durante uma demonstração em uma feira de ciências (Eu disse, não disse? Ah, eu disse! 😉 ), por não terem nada mais legal para demonstrar, utilizaram um osciloscópio, com algumas gerações de sinais, e fizeram o primeiro videogame, programaram o primeiro Pong da história! Desde os primórdios, onde osciloscópios tinham a sua tela de tubo de raios catódicos, até os atuais, digitais, com sua tela de alta resolução, para permitir a plotagem perfeita das funções, chamam muito a atenção. Osciloscópios servem para medir frequências, embora, com a medição destas, conseguimos efetuar muitas outras, como medição de tensão, defasagem de fase (e, consequentemente, conseguimos encontrar reatâncias indutivas e capacitivas), traçador de funções. Podemos utilizar os mesmos para fazermos curvas de Lissajous, e assim analisar atrasos em um osciloscópio analógico e do tempo do Zagaia.
Retirado de: http://images.quebarato.com.br/photos/big/E/B/357FEB_1.jpg
  • Gerador de funções: ah, e o que ele faz? Ele gera funções, oras 😉 . Tá, ele gera formas de onda, que nada mais são que funções matemáticas. Os geradores de onda mais simples geram ondas de três formatos: senoidal, quadrática e triangular. Existem outros tipos de onda, outras maneiras, ajustes, como tensão de offset, amplitude da onda, cortes de função, etc. Usamos muito geradores de função em conjunto com amplificadores e osciloscópios: vemos a função de entrada e a de saída, e através desta medição, conseguimos ver graficamente o fator de ganho do circuito. Outro uso interessante, é ligar o gerador de função a um alto falante e colocar uma frequência acima de 5kHz: o barulho chega a ser insuportável, e deixa todos com muita dor de cabeça. Experimentem, mas não quando eu estiver por perto 😉 (ah, para quem faz aqueles testes de audiometria para o trabalho: aqueles aparelhos são nada mais nada menos que geradores de função! O aparelho têm ondas pré-definidas, onde o responsável vai comutando entre elas, e também a amplitude, para mudar a intensidade do som).
Retirado de : http://www.flickr.com/photos/sixmilliondollardan/3251446966/
Ganho de amplificador, retratado com um osciloscópio de dois canais. A onda pequena é do gerador de tensão, e a maior, o resultado da amplificação. Retirado de: http://gilmore2.chem.northwestern.edu/projects/cmoy5_prj.htm

Bom, vou parando por aqui, pois ficou grande demais. Nos próximos dias, teremos a parte dois, com outros instrumentos muito legais!

Anúncios

3 comentários sobre “Gadgets de técnicos / engenheiros – Eles existem e são legais pra caramba!

  1. Caramba Mauro, passei aqui e vi essa primeira foto e pensei que tinham tirado uma foto do meu laboratório!! igualzinho, só acho que a minha mesa é um pouco mais bagunçada, kk

    Abs

  2. Rapaz, acho que a única coisa que falta no meu lab, que tem naquela foto é que nós não temos aquela lente de aumento. Mas até o meio do ano que vem, eu providencio !
    rs

    Abraço !

  3. A penultima foto, que marca é aquela?
    não consegui ver…
    mas me parece um clone (ou bem parecido com um Fluke, que inclusive no meu estagio tive a chance de assistir uma palestra com um cara importatantissimo da Fluke…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s