Calculadoras Gráficas x Smartphones = Convivência ou Convergência ?

Nota do autor: Eu não morri! Só estou na época de provas do semestre mais difícil de todos, e são 7 provas durante 6 dias, logo, não tenho muito tempo disponível para blogar. Semana que vem volto a criar conteúdo bom 😉

Meu ambiente de trabalho é um local muito, digamos, universitário. Somos 4 pessoas (meu superior, eu e mais dois companheiros) e os 4 estão fazendo faculdade de engenharia, dois com ênfase em elétrica e dois com ênfase em Produção. Sendo eu o mais avançado do pessoal (3º ano, todo mundo está no 2º ano), muitas vezes eu estou apto a ajudar e a trocar conhecimento com os meus companheiros. Graças ao meu outro blog (blogdoteta) eu descobri o maravilhoso site WolframAlpha, onde podemos tirar muitas dúvidas, inclusive de matemática. Integrais definidas, que eu resolvia na HP, podem ser resolvidas neste site, com várias vantagens: ele mostra os passos da resolução, o valor final e o gráfico da função. Um dos meus amigos de trabalho (o grande Daniel!) fêz o seguinte comentário : “Mauro, a HP vai cair em desuso, é só o engenheiro ter um smartphone com 3G que ele resolve tudo no Wolfram!”. Eu, logicamente, fui defender a pobre calculadora, mas, olha a situação em que me encontrei! Justo eu, um blogueiro que DEFENDE a utilização de gadgets (convergência) por parte dos engenheiros, obrigado a defender exatamente o contrário! 😉 Bem, me calei e pensei no assunto. Aqui vão minhas considerações:

  • Em minha opinião, as calculadoras gráficas ocupam um nicho específico no mercado: estudantes. Na maioria das instituições de ensino, os estudantes só podem utilizar as calculadoras na resolução de prova. O motivo ? Cheating, cola. Bem, meu site ensina a colar na hp, portanto, este não é nem um bom motivo 😉 Então, é questão de tempo até que todas as instituições liberem o uso de smartphones para a resolução de provas.
  • Uma calculadora necessita de uma condição para estar pronta para uso: pilhas carregadas. Um smartphone, necessita de bateria, de uma conexão à internet, caso forem utilizados sites para a resolução, ou de emuladores e/ou programas. Caso a utilização de sites, os mesmos precisam estar online. Portanto, 3 variáveis contra uma!
  • Um dos grandes diferenciais de uma calculadora é a resposta táctil. Em um emulador, você está tocando na tela ou com uma Stylus, ou pior, em um teclado adaptado (caso do E71), o que prejudica a velocidade. Sim, para contas simples, não, mas peguem uma prova de circuitos para fazer ! 😉
  • Você não consegue criar macros em um site via smartphone, e você pode fazer isto com uma calculadora. E não existe um emulador das novas HP´s disponível em nenhum sistema móvel (somente das 48 antigas).

Bem, estes são meus argumentos, mas eles têm uma visão simples de estudante e/ou um usuário pesadíssimo de cálculo. Para uso moderado ou leve, um aparelho com internet disponível e tela sensível ao toque resolveria a maioria dos problemas. Para o antigo sistema Palm Os, temos um emulador da antiga HP 48, que funciona muito bem, inclusive vários alunos da minha faculdade o utilizam em provas. Este mesmo emulador foi portado para Windows Mobile. Para o sistema do iPhone e iPod Touch, temos excelentes calculadoras, isto também se aplicando para o Maemo, como já fiz review dessas calculadoras aqui no blog. Infelizmente, Symbian não possui nenhuma calculadora RPN digna de nota. Isso me obriga a sempre carregar algum gadget a mais na bolsa além do telefone (o que irá me obrigar a ter sempre um aparelho Symbian, para eu ter desculpa para carregar mais gadgets!) 😉 . Mas, enquanto não me formo e exerço a profissão, a HP cuida da parte dos cálculos e ponto final.

Um abraço a todos e boa semana!

Anúncios

13 comentários sobre “Calculadoras Gráficas x Smartphones = Convivência ou Convergência ?

  1. Realmente o 5º e 6º semestres são para fe**r**rar. Separando os homens dos meninos :^)

    O legal é que vc entra num ritmo tão bom, que a correria só volta nos últimos 2 semestres por causa do TCC.

    Utilizo a minha HP no trabalho e no mestrado. A facilidade de fazer cálculos, automatizar rotinas, … é um grande ponto a favor.

    [ ]’s

  2. Fala Mauro,

    Que bom ver você escrevendo de novo, estava sentindo falta de ler os seus posts, mas compreendo o que você passa… fiz engenharia e matemática, é foda mesmo as provas dessas faculdades.
    Abs!

  3. Franz,

    Eu não troco a minha HP por nenhum emulador ;D
    Já passei aulas e aulas utilizando uma calculadora RPN disponível para o iPod, mas, na hora de resolver listas e provas, só a HP. No meu trabalho, eu utilizo pouco, pois não exerço a profissão (sou técnico), então os cálculos são resolvidos em uma FX da Casio.

    Marcelo,

    Como eu queria escrever mais ! Semana que vem eu volto. Tem várias compras feitas na Dealextreme que irão ser alvo de review ;D

  4. Não troco minha HP 50g por nenhuma outra calculadora gráfica e nem por emuladores.
    Na verdade eu não tinha necessidade de adquirir uma gráfica, pois uma HP 10s é suficiente durante a minha graduação (bacharelado em Sistemas de Informação), entretanto a HP 50g facilita muito nos estudos. Além do mais, estudar geometria analítica, cálculo e estatística com uma HP 50g é simplesmente mais empolgante.

  5. Fala Mauro,

    Tudo bem?
    Olha, aproveitando que o meu cunhado vai viajar para o exterior, estou pensando em pedir para ele me trazer um iPod Touch da nova geração, mas antes disso queria saber a sua opinião sobre o aparelho.

    Abs!

  6. Marcelo, quanto tempo!

    Bem, a minha opinião sobre o iPod é simples: compre sem titubear. A melhor tela touch que já vi, uma interface realmente adaptada para o uso dos dedos, e uma disponibilidade de programas absurda. Nem que seja só para você conhecer melhor o mundo da Apple, vale a pena. Sem contar que o iPod Touch 3G é mais rapido que o iPhone 3GS. Mas, se você puder esperar um pouquinho, provavelmente irão lançar um iPod novo para o natal.

    Abraço!

  7. Opa, queria tirar uma dúvida cara. Não tem haver com o tópico não, mas vi que vc entende bem de HP. É o seguinte:
    Como faz pra resolver integrais indefinidas com constantes, exemplo:
    INTVX( a*sin(X) ), onde ‘a’ é a constante e ‘X’ é variável a indep.?
    Tenho a HP 50g e dá o seguinte erro: ‘Undefined name’
    Detalhe: a minha variável independete ( padrão da hp ) é o ‘X’ mesmo!
    Abraço.

  8. Mauro vc tem algum link de calculadora para ipod touch pois, iniciarei engenharia civil este ano e como vou gastar uma grana p pagar , tudo que eu posa economizar ajuda.
    se vc possuir algum link para claculadora Hp que va Resolver meu problema agradeço.

  9. Smartphone??? É MUITO FÁCIL!
    BASTA CRIAR UM PDF E USAR O LEITOR DE PDF DO SMARTPHONE OU CRIAR UM EBOOK COM O MJBOOK MAKER!

    PRONTO!

    A COLA PELO CELULAR É MAIS FÁCIL, JÁ QEU EM ALGUMAS MATÉRIAS NÃO TERÁ CONTAS.

  10. Além dos fato que você citou, verdadeiros, diga-se, ter uma 50g faz bem para o ‘ego’, lembra que estou na Engenharia, o que me lembra que não há espaço para erros e perda de tempo.

  11. Cara, sou estudante de engenharia, e estou pensando em comprar a 50g e esto una duvida pois vou ter que trocar de celular tb. o meu e71 morreu… um iphone teria algum software que substituiria a 50g? ou ipod? ou algum outro smartphone?

  12. Erick, um amigo meu tem um iphone e ele tem um emulador da HP50g nela, ou seja, se vc tem um Iphone entao acho que nao vai precisar da HP. Vlw

  13. Estou cursando engenharia e queria saber se vale a pena comprar uma hp gráfica..se sim, qual é a mais recomendavel?? grata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s