Nokia – Novos Rumos ou Sem Rumo ?

Acho que todo mundo que lê esse blog já sabe: eu amo a Nokia. Quando comecei o blog, meus equipamentos eram um E71 e um E62. Após isso, o N800 e o N95 vieram a fazer companhia, e o E62 foi para o bolso de um primo. Nesse tempo, o único celular que cogitei ter sem ser da Nokia foi o LG GT 360, e só para “fugir do padrão” e ver como eu me viraria com um aparelho mais limitado. Porém, meu amor é a Nokia e é sempre a minha primeira opção em aparelhos.

Por isso, vejo com muita apreensão os rumos que a empresa está tomando.

A empresa sempre foi líder em aparelhos celulares vendidos e em smartphones, mas vêm perdendo essa liderança. As últimas reportagens que vemos da marca são preocupantes: primeiro, eram notícias em blogs, opiniões, etc. Agora, são artigos como este da BusinessWeek, com o título: “Nokia: Outsmarted on Smartphones”.

E isto é verdade: a Nokia está perdendo terreno para o iPhone e RIM. Durante anos, a finlandesa ignorou o mercado norte-americano, pois ele não era importante para as suas vendas. Ao contrário da maioria das inovações tecnológicas, a telefonia celular evolui mais no Japão e Europa, nesse continente onde a Nokia é maioria absoluta. Por isso, e também pela sua força no Brasil, a empresa podia ignorar sua fraca participação no mercado norte-americano. Até que vem a Apple e lança o iPhone: o debate sobre a usabilidade deste aparelho será eterna, mas ninguém pode negar que sua interface e facilidade de uso são incomparáveis. De repente, aparece de um lado a Apple e sua AppStore, com milhares de programas disponíveis em poucos cliques. De outro lado, a RIM com seus Blackberries cada vez mais completos, e com um pacote de softwares instalados imbatíveis. O mundo acabou se dando conta: iPhones foram timidamente invadindo a Europa, Blackberries sempre foram favoritos entre executivos, a HTC com lançamentos em Windows Mobile e Android também foi ganhando marketshare … E tudo a custo da Nokia.

A empresa resolveu entrar no jogo do mercado americano: lá, o povo está acostumado a comprar aparelho barato através de contratos de fidelização de 24 meses, e as operadoras gostam de exclusividade nos aparelhos. Por anos, a Nokia foi relegada a ter aparelhos desbloqueados, caríssimos neste mercado, sem nenhum interesse das operadoras a vendê-los. Isso mudou recentemente: o E71x, e o horroroso Nokia Surge são vendidos com exclusividade pela AT&T: o E71x pode ser uma resposta ao domínio da RIM entre executivos. Todos sabemos que o E71 foi um dos, senão o melhor lançamento de 2008, e o seu upgrade deve ter o mesmo sucesso.

E o Symbian touchscreen? Este foi um problema: os 5800 e 0s N97 contam com alguns bugs “estranhos”. Todo usuário de Symbian que migrou para o S60v5 diz que o trabalho foi bem feito: mas a Nokia sabe que isso não foi o suficiente, por isso irá mudar a plataforma Symbian para QT. E o N97 realmente decepcionou: o Omnia HD têm o melhor hardware rodando Symbian.

Mas a finlandesa ainda vai lutar muito pra não perder o seu mercado: embora seu calcanhar de aquiles sejam as telas touchscreen, qual é o aparelho touch mais vendido no mundo? É, para quem não deduziu, é o 5800! A razão no mundo é que, com seu preço e seus features (incluindo o Comes With Music) não tem nenhum concorrente em preço.

Minha opinião? Continuo preferindo os Nokias. Uso o N95 para carregar uma boa câmera junto comigo, em todas as horas. Mas o E71 têm tudo o que eu gostaria: wifi, 3G, fino e teclado QWERTY. Prova que a empresa continua a fazer celular como ninguém.

Alguns artigos: aqui e aqui, artigos da Gizmodo Brasil mostrando o mercado norteamericano. Aqui um pequeno artigo do StatCounter mostrando o crescimento do iPhone na Inglaterra, tradicional domínio da Nokia.

Anúncios

2 comentários sobre “Nokia – Novos Rumos ou Sem Rumo ?

  1. O grande problema do N97 foi o fato de ele ter sido anunciando muitos meses antes, dando tempo pra concorrência se organizar e copiar. E até mesmo passar em alguns pontos, já que a câmera inicial de 8M não se realizou no N97 e sim em alguns concorrentes. Mas não teremos volta, S60v5 é o futuro, mesmo com todos os problemas.

    Estranhamente, o N97 é mais rápido que o XM 5800. Ouvi rumores de diferenças de clock, já que o processador é igual. E gostei de usá-lo por alguns minutos. Mas R$2399 é proibitivo.

  2. Realmente a interface do iPhone é show. A falta de feedback para digitar é ruim.

    Aprendi a gostar da Nokia usando, mas ainda tenho muitas críticas e volto a dizer que a interface/sistema/organização não é nada intuitiva!

    A HTC faz um ótimo trabalho com o WM, mas se vc sair daquele mundinho BasicUser, vai voltar aos velhos e conhecidos problemas. Com Android, a coisa está mudando. Mesmo fabricante com grupos de desenvolvimento diferentes. Custo? Oportunidades?

    A Nokia até poderia ter um segmento com Linux (+Qt?!). Há um belo trabalho, ao meu ver, sendo feito na linha de tablets (Nxxx). Nada provável…

    Gostaria de um Nokia com DNA da linha E, teclado do E71, qualidade de som da linha XM e uma tela touch (capacitiva?! OLED?!). Teria um preço bem mais proibitivo ainda, hein?!

    [ ]’s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s